Sexo prazer e liberdade, isso esxite?

E pra você fazer sexo do que você precisa? Você precisa de um corpo…e é isso! Vinhados, vinhadas e vinhades deste meu Brasil, se eu jogar o assunto sexo aqui e agora na roda, como é que você reage? Sexo, gente! Uma coisa super natural, faz parte da vida, é muito bom e a galera goixta, só que tem um monte de tabu relacionado a isso, a galera não discute e ainda tem uma resistência, assim, gigantesca pra poder falar sobre sexo A questão é: qual que é o papel que o sexo ocupa na sua vida e o que diacho é sexo pra você? Oi, gente! Tudo bem? Tudo bom! Comigo tá tudo ótimo! Eu sou Adriano e esse é mais um vídeo do canal Abacaxi Azul! ***músiguinha do amor tocando*** Vinhades, se você ainda não está inscrito aqui no canal, se inscreve agora clicando nesse quadradinho aqui embaixo “Abacaxi Azul”

Não se esquece de me seguir lá no Instagram, no Facebook e em tudo quanto é lugar pra gente continuar esses papos aí a semana toda! Tô te esperando lá agora, tá aparecendo aqui, então corre, viado! Eu tô desses agora que aparece uma data, assim, no calendário, é alguma coisa interessante, alguma coisa aí irreverente, envolvente, eu venho e falo aqui no canal E agora no dia 31 de julho, é o dia mundial, internacional, alguma coisa assim, do ORGASMO! Nós somos seres humaninhos e seres humaninhos possuem corpos, corpos juntos fazem sexo e rola ali um lance que é natural, que é transar, que é sentir prazer, que é isso! Se a gente for pensar no sexo em si, é o quê? A gente com um corpinho sentindo prazer! Mas o negócio me parece que não é tão simples quanto, porque existem duas questões: todo aquele tabu que existe em relação sexo, e tem um outro troço que é o foco que eu queria trazer pra cá hoje, que é de que parece que existe uma maneira certa de fazer sexo, existe uma concepção correta do que é sexo e de como que o sexo deve se comportar, de como que o sexo deve existir, do que que é aceito e do que não é aceito O que é que a gente conhece de sexo efetivamente? Porque se a gente for pensar na nossa vidinha, assim, em sociedade, na escola o negócio não é muito debatido, dentro das famílias e dentro de casa também um assunto super né, tabu, como é que você vai falar de sexo com seus pais, você vai falar de sexo com não sei quem… Tem toda aquela questão das religiões, da demonização do sexo, e o outro ponto é que o que a gente tem de referência de sexo? É a mídia, é a indústria pornográfica! A questão é: se a gente não tem muito parâmetro do que é sexo, como é que a gente determina essa relação do que é sexo na nossa vida, do que o sexo representa pra gente e qual que é a nossa relação com o sexo, saca? Me parece que os dois grandes problemas relacionados ao sexo é que ou a gente não vai discutir, a gente não vai falar sobre e tudo isso daqui tá errado, então não toque no sexo, não fale sobre sexo, não se relacione com sexo! Ou a outra questão é de que a gente tem que pegar e fazer o troço exatamente como o mundo nos ensina, como o mundo espera que a gente faça, dentro de uma série de regras fixas, imutáveis e sobre as quais a gente não tem, assim, nenhum tipo de controle, nenhum tipo de autonomia, saca? Eu já falei isso aqui num vídeo dia desses, de que o mundo na verdade ele meio que tenta aprisionar a gente, assim, dentro de uma série de estruturas e eu acho que o sexo tem total a ver com isso! – mas daí eu tenho a solução para os seus problemas, para o seu negócio e para sua vida! – E daí dia desses eu tava pensando na relação do sexo com liberdade, porque eu acho que sexo e liberdade tem tudo a ver na vida! Liberdade que tem tudo a ver com conhecimento, e é um conhecimento que começa de dentro para fora e não de fora pra dentro, entendeu? Não é do boy pra gente, mas é da gente para o boy! Esse processo da liberdade e do sexo, tem muito a ver com a gente, sabe? Da gente primeiro se conhecer e se reconhecer e, por exemplo, saber que a gente tem um corpo e que esse corpo nos pertence, e que esse corpo tem impulsos e desejos, e ele sente coisas e tudo mais! Porque é muito importante a gente se conhecer pra saber o que a gente sente e pra saber o que a gente quer, porque uma vez que a gente conhece o que a gente sente e o que a gente quer, já começa que não tem e o certo e o errado! Eu falo do certo e do errado porque, viado, ninguém melhor do que você pra saber o que você sente e pra saber o que pulsa dentro de você, o que te atrai e o que te move É justamente esse o pé do frango! Como é que tem um certo e errado em relação sexo, em relação a “Ah, isso eu posso fazer! Ah, isso eu não posso fazer porque, sabe, é muito baixo, é muito vulgar ou isso não é aceito, vão pensar que, entendeu, é isso! Vão pensar que não sei o que!”

É a liberdade de você conhecer o seu corpo e de você saber que sim você pode dar prazer a ele e de que isso não depende de uma forma certa ou de uma forma errada, ou de que você tenha que atender uma determinada expectativa de uma outra pessoa pra que esse prazer exista, entendeu? Não, viado! Esse que é o negócio! Sexo tem tudo a ver com liberdade, tem tudo a ver com autoconhecimento, tem tudo a ver com a gente estar liberto dentro da gente mesmo, da gente estar liberto pro mundo, tem tudo a ver com a gente se conhecer, com a gente estar aberto pra trocar com outro, estar aberto a se conhecer e a descobrir coisas novas… E mais um negócio, vamos pensar no sexo, que o sexo não é pra ser uma coisa ruim, não é pra ser uma coisa que é pra aprisionar, não é pra ser uma coisa que é pra limitar a nossa vida, não é pra ser uma coisa que é pra ser sofrida! Sexo é negócio que é pra trazer liberdade pra gente! Sexo é um negócio que é pra trazer felicidade, pra trazer evolução, entendeu? É pra trazer sensação… Eu acho que esse vídeo não fez sentido nenhum! Se não fez, não fica triste viu, viades! Porque o que que acontece? Na semana que vem tem outro vídeo que pode ser melhor e tem outros vários vídeos aqui no canal! Então assim, se não deu dessa vez, desculpa, mas tô aí pensany e refletiny e vendo onde é que eu chego com esse vídeo, que eu acho que eu não vou chegar a lugar nenhum! Por um mundo onde os abacaxis possam ser de qualquer cor e as pessoas sejam de boas com isso! Qual que é a cor do teu abacaxi?

Eu espero que você tenha gostado do vídeo, vem aqui embaixo, comente, qual que é a sua relação com o sexo, o que sexo representa na sua vida? Vem aqui, converse comigo, escreva seu comentário! Não se esqueça de deixar aquele like maravilhoso e delícia aqui no vídeo, entendeu! Não se esquece também de me seguir nas redes sociais, no Instagrão, no Facebruxis! Vamos nos amar e vamos continuar essa conversa sempre por aqui e nas redes sociais, que eu tô blogueira, tá legal? Muito obrigado por ter assistido o vídeo de hoje e eu te vejo na próxima quarta!